sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

A BAILARINA e a LUA



                                                          A BAILARINA e a LUA
 
Bailarina que ensaia ao som da lua,
toca com os pés, as nuvens infinitas.
Cada passo, o corpo incendeia, insenua...
tocando com as mãos, as estrelas mais bonitas.
 
A Bailarina dança, onde a terra abraça a lua,
encanta com um grito silencioso e retumbante
proclamando a plenitude da vida com doçura,
A bailarina encanta, com sua dança estonteante
 
Voa no palco, penetra na imaginação da platéia,
desarruma a liturgia da alma, vive loucamente, a
sensatez inquietante de uma eterna desventura.
 
A Bailarina seduz aos poucos, envolve ao todo,
Arrebata os corações inconstantes de ternura...
É doce gracejo, é alma viva, anjo cheio de candura.
 
Carlos Assis Gamarra
Autoria By
FOZ/ 20/12/12

Um comentário:

  1. Que belas poesias!
    estou seguindo;
    abraço.
    sweet--hope.blogspot.com.br

    ResponderExcluir